Você cria suas campanhas de Mídia Display com todo cuidado e atenção, realiza as configurações e quando vai verificar o desempenho acaba se decepcionando? Se a sua resposta for sim, recomendo que leia o artigo até o fim!

Antes de tudo: Não fique triste! Isso acontece com muitas pessoas que criam suas campanhas de Mídia Display.

O objetivo desse artigo é te ajudar a evitar esses erros, otimizar seus investimentos e obter melhores resultados!

Confira os 5 principais erros que estão destruindo suas campanhas de Mídia Display

 

1. Vender recursos e não benefícios

Essa dica serve para a publicidade em geral e não somente para as campanhas de Mídia Display. Anunciar os recursos dos seus produtos ou serviços, geralmente não é suficiente para convencer alguém a comprar. É preciso mostrar quais os benefícios que irão afetar positivamente seu cliente. Há um ditado publicitário que diz “Não venda a furadeira, venda o furo na parede”.

Mostre o quanto seu produto irá melhorar a vida de seu cliente e aumente as chances de conquistá-lo.

 

2. Não possuir um Call-to-Action (CTA)

Ao criar um anuncio, deixe claro para o visitante qual a ação ele deve fazer. Insira botões que estimule a ação, como: “Compre Agora” “Assine Já” “Saiba Mais”, etc.

Certifique-se de que o CTA atrai os consumidores, informando-os exatamente o que receberão ao clicar no anuncio.

 

3. Não segmentar corretamente    

A maior vantagem que a mídia online possui é seu grande poder de segmentação que permite às empresas utilizarem seus dados para segmentar assertivamente suas campanhas para impactar o público certo. As soluções mais comuns de mídia display oferecem segmentações como Geográfica, Demográfica e comportamental. Soluções mais completas, como a Hariken Strike Target oferecem segmentações mais avançadas como comportamentos, momento no processo de compra, canais, estilo de vida, engajamento com a empresa, etc.

Em suas campanhas de Display, procure identificar qual o perfil do seu cliente ideal e a partir disso crie as segmentações. Segmentar apenas por Região, Idade, Gênero e Classe social não é o suficiente para ter campanhas com bons resultados.

Se quiser saber como melhorar suas segmentações, recomendo conhecer a Mídia Programática

4. Não mensurar as métricas corretas

Quando falamos de mensurar resultados é comum encontrar um desses dois erros: Não mensurar nada ou mensurar muito. O problema de não mensurar nada é óbvio. Se você não sabe os retornos que está tendo, não tem informações para otimizar e corrigir erros.

Um erro bastante comum também é o de querer mensurar tudo. Muitas vezes os profissionais gastam dias para implementar diversas métricas e ferramentas para ter a sensação que está tudo sobre controle, quando na verdade, estão perdendo o controle. Busque identificar no máximo 5 indicadores que fazem sentido para seu objetivo, acompanhe-os de perto e tome as ações necessárias com base nessas informações.

 

5. Não otimizar os anúncios

Continuando o tópico anterior, a importância de analisar as métricas corretas, se deve pela possibilidade de com as informações certas, conseguir otimizar os anúncios.

O ideal é iniciar uma campanha com diferentes anuncios e com o decorrer do tempo, identificar quais apresentam os melhores resultados e otimizá-los. Os anúncios que não estão atingindo os objetivos desejados devem ser retirados e os que apresentam melhor desempenho, potencializados.

A mídia digital permite esse acompanhamento em tempo real e possibilita a otimização para o alcance de resultados melhores.

A Mídia Display é uma poderosa ferramenta para as empresas e por isso deve-se investir em ferramentas e profissionais qualificados.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira nosso artigo “Como aumentar seu ROI de Marketing Digital utilizando Dados


Todo profissional de marketing digital, ainda mais os que trabalham com dados e cookies de internet, devem saber o que é a LGPD, suas multas e bases legais!

Se você ainda está buscando uma ferramenta de LGPD, como uma CMP – Plataforma de Gestão de Consentimentos, conhecida como o aviso de cookies para o seu site, nossa indicação é a da AdOpt.

Vale a pena conhecer o blog deles, e principalmente as dicas que eles dão sobre como os processos de marketing devem ser revistos, para adequação à LGPD, e até mesmo direcionamentos sobre o mapeamento de dados, responsabilidades do DPO, etc.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Adonis Batista

CEO e Nômade

Previous Guia de Formatos para Mídia Display
Next Como utilizar Mídia Programática para campanhas de Branding
Close

NEXT STORY

Close

Como aumentar seu ROI de Marketing Digital utilizando Dados

20/04/2017
Close