Criar uma campanha nas redes sociais é, sem dúvida alguma, uma ótima estratégia para qualquer empresa. As plataformas tornaram-se excelentes ferramentas de trabalho para as equipes de marketing, sendo um canal de alto alcance e desempenho.

Porém, não adianta simplesmente se cadastrar em uma das redes e achar que os resultados vêm como em um passe de mágica. É preciso criar um bom planejamento e disponibilizar um bom conteúdo.

Por isso, criamos este artigo bem completo com os principais temas para que você crie uma campanha nas redes sociais. Aproveite!

A importância das redes sociais para as empresas

Atualmente, existem softwares voltados para os profissionais de marketing com a funcionalidade de capturar, armazenar, segmentar e exportar informações dos visitantes dos ambientes online da empresa. Eles possibilitam a segmentação comportamental personalizada, o que aumenta a eficiência das ações de marketing.

Para que esse recurso seja usado de forma adequada, é preciso levar um grande público para o site. É nesse momento que criar uma campanha nas redes sociais se torna um grande diferencial.

Facebook, Instagram e LinkedIn possuem plataformas específicas para a criação de publicidade paga. Os valores são bem atraentes em vista dos resultados possíveis. Você pode segmentar os seus conteúdos de acordo com as características do público-alvo da empresa, direcionando melhor os investimentos.

Além disso, devemos lembrar que as redes sociais também servem como um poderoso canal de comunicação. Cada vez mais esse é um ponto de relacionamento escolhido pelos consumidores, seja para um realizar um atendimento, tirar dúvidas, colher informações sobre um pedido ou qualquer outra solicitação.

As diferenças entre tráfego pago e orgânico

O tráfego orgânico não envolve um custo direto. As pessoas que chegam até o site dessa forma estão clicando nos links de conteúdos publicados pela própria empresa ou pelos compartilhamentos. Nesse contexto, estratégias de SEO podem ser úteis para melhorar sua performance.

Já o tráfego pago é aquele oriundo de campanhas patrocinadas, seja no Facebook Ads, Instagram Ads, LinkedIn Ads ou Google Adwords. Nesse tipo de publicidade, o anúncio pode ser direcionado até mesmo às pessoas que já apresentaram algum tipo de interesse nas soluções ofertadas pela sua empresa. Esse processo é chamado de remarketing e aumenta a possibilidade de vendas no final do processo.

Além disso, em campanhas patrocinadas nas redes sociais, o alcance é muito extenso se comparado a uma publicação na rede orgânica. Essa medida praticada pelas redes, principalmente pelo Facebook, acaba forçando as empresas a investirem em mídia.

Como as redes sociais podem ajudar a gerar negócios

Com todos os seus recursos, as redes sociais são ótimas ferramentas para ajudar uma empresa a criar novos negócios. Além do óbvio, que é a atração de um número grande de novos clientes, o impulsionamento de campanhas, se feito de forma planejada e estratégica, pode alavancar as vendas da empresa. Confira algumas dicas para potencializar seus resultados:

Crie o botão de ligar nas campanhas

Muitos gestores focam seus anúncios no direcionamento para uma landing page. Porém, nem todo mundo que vai para essa página acaba preenchendo os dados e, dessa forma, a marca perde aquele potencial cliente.

Dessa forma, é interessante incluir um botão de ligar no CTA. Muitas pessoas querem entrar em contato com a empresa rapidamente, sem passar por formulários e ter que esperar um certo tempo.

Utilize hashtags estrategicamente

As hashtags são ótimas ferramentas, principalmente se usadas de forma estratégica. Elas servem para o público encontrar as informações relacionadas a um determinado assunto de forma rápida e prática, mas também podem ser usada para alavancar uma discussão rapidamente, colocando a marca no centro das atenções.

Pense sempre em uma hashtag que pode ser usada em varias redes sociais. Assim, a marca pode ser citada simultaneamente em diferentes plataformas.

Pense no objetivo da campanha

No momento de criação de uma campanha patrocinada, a empresa escolhe o objetivo daquela ação. Ele pode ser destinado à geração de visitas ao site, impulsionamento das vendas, aumento do conhecimento da marca, geração de cadastro de leads, entre outras metas.

É importante pensar no que a sua empresa busca com aquela campanha e também considerar o momento do consumidor dentro do funil de vendas. Não é muito interessante, por exemplo, criar uma chamada para entrar em contato se o usuário ainda não tem um bom conhecimento sobre as soluções ofertadas.

Use o Twitter para testar o impacto dos conteúdos

O investimento em marketing de conteúdo é, sem dúvida, muito interessante. Porém, você deve focar naquilo que realmente atrai o seu público. Nesse sentido, utilizar o Twitter para testar quais assuntos são mais atraentes é muito benéfico, especialmente por conta das características real time dessa rede.

Você pode usá-la para pesquisar temas, verificar o engajamento dos usuários e direcionar a criação de materiais.

Crie campanhas focadas no público desengajado

Uma boa opção para segmentação do público é atingir leads desengajados nas campanhas de e-mail marketing. Nessa estratégia, os leads que não estão interagindo são carregados em uma campanha nas redes. Assim, são criados anúncios específicos na tentativa de que eles se envolvam com o material e voltem a ser considerados como leads engajados.

Utilize ferramentas para a criação de audiência

A definição da audiência das campanhas é crucial para alcançar resultados. Você pode utilizar ferramentas inteligentes para otimizar seus recursos. A Hariken consegue usar os próprios dados da empresa para criar a audiência, aumentando a eficiência e o retorno do investimento.

É importante lembrar que essa ferramenta é capaz de usar dados de diferentes fontes para segmentar as campanhas nas redes sociais, o que traz ainda mais vantagens ao seu negócio.

Os melhores conteúdos para sua empresa

Apesar de ser possível usar uma campanha nas redes sociais para gerar vendas diretas, o mais interessante é criar e compartilhar conteúdos relevantes ao público. Isso está ligado ao Inbound Marketing, que tem como objetivo atrair potenciais clientes por meio de conhecimento e uma boa experiência.

Esses conteúdos devem ser estrategicamente criados para que cheguem até o público certo no momento adequado. Para isso, todas as etapas do funil de vendas devem ser consideradas.

Crie conteúdos que despertem o interesse da persona criada, ajudando-a a resolver um problema. Faça uma boa pesquisa das palavras-chave mais utilizadas e buscadas pelo público para construir os conteúdos. Assim, além de garantir uma boa resposta das mídias pagas nas redes sociais, seus conteúdos postados no blog podem ajudar a subir suas páginas na busca orgânica.

Portanto, como vimos em nosso artigo, uma campanha nas redes sociais deve ser devidamente planejada para que sejam alcançados bons resultados. Essa estratégia tem um alto potencial e pode lhe ajudar a conquistar os objetivos.

Porém, tenha muita atenção com todos os pontos que listamos. Lembre-se, também, que não basta só ter um perfil nas principais plataformas sociais. É preciso estar presente, interagir com o público, solucionar problemas e fornecer um conteúdo relevante.

E então, gostou das nossas dicas para criar campanhas nas redes sociais? Aproveite para seguir a gente nas principais plataformas e acompanhe nossas postagens para agregar ainda mais conhecimento. Estamos no Facebook e LinkedIn.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Adonis Batista

CEO e Nômade

Previous O que é data mining? Descubra agora!
Next O que é e como aplicar data driven marketing?

7 thoughts on “Campanha nas redes sociais: saiba como montar uma efetiva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Mídia Programática: O Guia completo e definitivo!

06/02/2018
Close