Você cria suas campanhas de Mídia Display com todo cuidado e atenção, realiza as configurações e quando vai verificar o desempenho acaba se decepcionando? Se a sua resposta for sim, recomendo que leia o artigo até o fim!

Antes de tudo: Não fique triste! Isso acontece com muitas pessoas que criam suas campanhas de Mídia Display.

O objetivo desse artigo é te ajudar a evitar esses erros, otimizar seus investimentos e obter melhores resultados!

Confira os 5 principais erros que estão destruindo suas campanhas de Mídia Display

 

1. Vender recursos e não benefícios

Essa dica serve para a publicidade em geral e não somente para as campanhas de Mídia Display. Anunciar os recursos dos seus produtos ou serviços, geralmente não é suficiente para convencer alguém a comprar. É preciso mostrar quais os benefícios que irão afetar positivamente seu cliente. Há um ditado publicitário que diz “Não venda a furadeira, venda o furo na parede”.

Mostre o quanto seu produto irá melhorar a vida de seu cliente e aumente as chances de conquistá-lo.

 

2. Não possuir um Call-to-Action (CTA)

Ao criar um anuncio, deixe claro para o visitante qual a ação ele deve fazer. Insira botões que estimule a ação, como: “Compre Agora” “Assine Já” “Saiba Mais”, etc.

Certifique-se de que o CTA atrai os consumidores, informando-os exatamente o que receberão ao clicar no anuncio.

 

3. Não segmentar corretamente    

A maior vantagem que a mídia online possui é seu grande poder de segmentação que permite às empresas utilizarem seus dados para segmentar assertivamente suas campanhas para impactar o público certo. As soluções mais comuns de mídia display oferecem segmentações como Geográfica, Demográfica e comportamental. Soluções mais completas, como a Hariken Strike Target oferecem segmentações mais avançadas como comportamentos, momento no processo de compra, canais, estilo de vida, engajamento com a empresa, etc.

Em suas campanhas de Display, procure identificar qual o perfil do seu cliente ideal e a partir disso crie as segmentações. Segmentar apenas por Região, Idade, Gênero e Classe social não é o suficiente para ter campanhas com bons resultados.

Se quiser saber como melhorar suas segmentações, recomendo conhecer a Mídia Programática

4. Não mensurar as métricas corretas

Quando falamos de mensurar resultados é comum encontrar um desses dois erros: Não mensurar nada ou mensurar muito. O problema de não mensurar nada é óbvio. Se você não sabe os retornos que está tendo, não tem informações para otimizar e corrigir erros.

Um erro bastante comum também é o de querer mensurar tudo. Muitas vezes os profissionais gastam dias para implementar diversas métricas e ferramentas para ter a sensação que está tudo sobre controle, quando na verdade, estão perdendo o controle. Busque identificar no máximo 5 indicadores que fazem sentido para seu objetivo, acompanhe-os de perto e tome as ações necessárias com base nessas informações.

 

5. Não otimizar os anúncios

Continuando o tópico anterior, a importância de analisar as métricas corretas, se deve pela possibilidade de com as informações certas, conseguir otimizar os anúncios.

O ideal é iniciar uma campanha com diferentes anuncios e com o decorrer do tempo, identificar quais apresentam os melhores resultados e otimizá-los. Os anúncios que não estão atingindo os objetivos desejados devem ser retirados e os que apresentam melhor desempenho, potencializados.

A mídia digital permite esse acompanhamento em tempo real e possibilita a otimização para o alcance de resultados melhores.

A Mídia Display é uma poderosa ferramenta para as empresas e por isso deve-se investir em ferramentas e profissionais qualificados.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira nosso artigo “Como aumentar seu ROI de Marketing Digital utilizando Dados

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Adonis Batista

CEO e Nômade

Previous Guia de Formatos para Mídia Display
Next Como utilizar Mídia Programática para campanhas de Branding
Close

NEXT STORY

Close

Como monetizar seu site sem precisar de publicidade

01/09/2017
Close