O Marketing sempre foi uma indústria baseada em suposições e achismos, com grande dificuldade em trabalhar com dados exatos e provar seus resultados. Com o surgimento da internet e o impulso do marketing digital, hoje é uma disciplina cada vez mais centrada em dados e se tornando cada vez mais exata.

Cada interação do cliente deixa um rastro do qual podem ser extraídos muitos dados que analisados em conjunto com outras informações, geram conhecimento valioso para as empresas. Ps: Se quiser saber mais como isso funciona, recomendo o artigo sobre Data Management Platform que produzimos aqui no blog da Hariken.

Como estamos falando da importância dos Dados, nada melhor que utilizá-los para demonstrar sua importância para o Marketing atual.

Segundo o relatório “Data Driven and Digitally Savvy: The Rise of the New Marketing Organization” produzido pela Forbes Insights ,as empresas que são referência em marketing orientado por dados tem níveis mais elevados de engajamento dos clientes e crescimento maior do que seus concorrentes.  Essas empresas tem 74% de fidelidade dos clientes contra 24% das empresas não orientadas por dados. Somente essas informações já seriam suficientes para você começar a utilizar mais dados em suas estratégias, mas vamos apresentar mais alguns motivos:

 

Os desafios para se implantar uma Estratégia de Dados

O marketing orientado por dados não é algo tão novo assim, mas boa parte dos profissionais de marketing ainda tem dificuldade em implementar estratégias de dados que consigam impulsionar seus resultados.

Uma pesquisa realizada pela Econsultancy em parceria com a Adobe, identificou que apenas 46% dos profissionais dizem possuir ferramentas necessárias para criar uma estratégia bem sucedida em dados.

Essas informações são do mercado norte-americano, que já está mais maduro no assunto. No Brasil ainda não existem pesquisas nesse sentido, mas é bem provável que esse número seja consideravelmente menor.

De acordo com a mesma pesquisa, os profissionais de marketing ainda relataram outras dificuldades para implantar o uso de dados em suas estratégias de dados:

  • 83% dos entrevistados dizem que tem dificuldade para juntar os diversos dados gerados para conseguir entender uma visão completa de seus clientes
  • 55% concordam que a diretoria da empresa não investe o necessário para que seja feita uma boa estratégia de dados para o Marketing
  • 2 em cada 3 respondentes dizem que a falta de comunicação entre setores da empresa atrapalha no uso de dados pelo marketing
  • 70% dizem ter dificuldade em encontrar pessoas para trabalhar com marketing por dados

Principais objetivos para o uso de dados no marketing

Segundo a mesma pesquisa citada acima, os profissionais de marketing que trabalham em empresas tem como principal objetivo a melhora na experiência do cliente para o uso dos dados em suas estratégias de marketing. Já os profissionais de agências tem como principal objetivo o uso dos dados para identificar novas audiências.

Confira no gráfico abaixo todos os resultados:

 

 

Tipos de dados que podem ser utilizados

Para mostrar como você pode utilizar os dados em suas estratégias de marketing, é preciso entender os 3 tipos existentes: First Party Data, Second Party Data e Third Party Data.

Entenda abaixo o que significa cada um desses:

First Party Data

São os dados capturados com base nas ações que as pessoas fazem ao interagir com sua empresa como dados preenchidos em um formulário do seu site, compras realizadas, número de visitas ao site, etc.

Second Party Data

É um termo relativamente novo e se refere ao First Party Data de outra empresa. Geralmente esses dados são vendidos ou trocados entre empresas. Por exemplo: Uma seguradora e uma montadora de automóveis podem trocar dados sobre seus clientes para oferecer ofertas mais assertivas para cada um.

Third Party Data

São dados que podem ser adquiridos por provedores de dados e plataformas de gerenciamento de dados. Os dados de terceiros, são informações relacionados a comportamento, interesses, hábitos, entre outros que dificilmente as pessoas deixariam para sua empresa. O objetivo do uso dos dados de Third Party Data é enriquecer os dados de First Party Data. São dados essenciais para utilizar em campanhas de marketing, como por exemplo em mídia programática. Serão esses dados que proporcionarão atingir o público com maior assertividade.

 

Melhores usos para cada tipo de dados

Para entender como os profissionais de marketing usam seus dados, a Econsultancy em conjunto com a Signal realizaram uma pesquisa com profissionais de marketing que apresentou alguns dados interessantes.

Ao serem solicitados a comparar os diferentes tipos de dados e sua eficácia para os resultados desejados, identificou-se que os dados de First Party foram os melhores classificados em todos os fatores. 74% dos entrevistados disseram que esses dados trazem os melhores insights sobre consumidores e 68% dizem ser o mais fácil de justificar o investimento, além de ser o mais eficaz para aumentar o ciclo de vida do cliente e gerar mais dados para campanhas.

Confira os resultados no gráfico abaixo, divulgado pelo eMarketer:

 

Melhor usa primeiro, segundo, dados de terceiros

Combinando diferentes tipos de dados

Com a quantidade gigantesca de dados disponíveis atualmente os profissionais de marketing precisam buscar provedores de Third Party Data, como a Hariken, para enriquecer suas informações com o intuito de conhecer melhor seus públicos para que além de trazer novos clientes, obtenha informações valiosas para ajudar na retenção de seus clientes atuais.

Os dados de Third Party, são grandes fontes de conhecimento para entender quem realmente são seus clientes, o que realmente querem e porque querem. Muitos desses dados são difíceis de obter utilizando somente os dados próprios da empresa.

É normal vermos as empresas utilizarem Third Party Data para melhorar a aquisição dos clientes. No entanto, os consumidores, hoje em dia, estão cada vez mais exigentes em relação as comunicações que recebem e por isso as empresas precisam ser mais assertivas, enviando mensagens personalizadas e relevantes, nos canais que seus clientes preferem e no momento certo.

Enriquecer sua base de dados própria com Third Party Data além de ajudar a conquistar novos clientes, pode ser fundamental para fidelizar seus clientes atuais e melhorar a experiência com comunicações relevantes e direcionadas.

As empresas conhecem algumas características de seus clientes, mas podem aprender muita coisa com dados de terceiros como idade, renda, hobbies, estilo de vida, profissão, hábitos de consumo e assim por diante. Essas novas informações podem mostrar oportunidades escondidas para realizar upsell, cross-sell e até mesmo o desenvolvimento de novos produtos.

Entender as diferenças entre First, Second e Third Party Data, as vantagens de cada um e como utilizá-los em conjunto para gerar perfis ricos de seus clientes e prospects, pode impulsionar as iniciativas de marketing, tanto para aquisição de novos clientes, quanto para a retenção dos atuais, trazendo elevadas taxas de retorno sobre seus investimentos.

Como você tem utilizado os dados para impulsionar seu ROI?

Quer impulsionar seus resultados de Marketing utilizando dados? Fale com a Hariken!

 

 

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Adonis Batista

CEO e Nômade

No More Stories.
Next Como anunciar em grandes portais investindo pouco
Close

NEXT STORY

Close

5 Erros que estão acabando com suas campanhas de Mídia Display

12/05/2017
Close