Sabe como funciona SEO para vídeos? Antes de explicar esse conceito, é necessário saber o que significa SEO. Ele faz referência ao termo em inglês Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca, no português.

Agora, com todo esse termo técnico, você deve estar se perguntando: qual é a importância disso? Os conteúdos que adotam essas estratégias de marketing digital (incluindo vídeos) têm mais chances de aparecer nas primeiras páginas do Google, Vimeo ou no YouTube. Com isso, eleva-se a possibilidades da sua publicação ser encontrada, aumentando assim o seu alcance.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste post, explicaremos como funciona o SEO para vídeos e forneceremos dicas que ajudarão o seu conteúdo a estar nas primeiras páginas nos principais buscadores do mercado. Vamos lá?

Como funciona o SEO para vídeos?

A primeira coisa a ser analisada são as palavras-chave que são distribuídas pelo texto. Elas são identificadas pelos mecanismos de busca no momento de indexação de conteúdo. Por isso, vale a pena inserir esses termos na descrição do vídeo.

Outro ponto importante é a regularidade na produção dos conteúdos. Não adianta nada postar um vídeo hoje e decidirem publicar o próximo, por exemplo, apenas dois meses depois. Isso dificultará o ranqueamento do seu canal nos principais buscadores de vídeos, como YouTube e Vimeo.

Como otimizar os seus vídeos?

Com a adoção de algumas estratégias, é possível otimizar os seus vídeos e garantir que eles apresentem um bom ranqueamento nos buscadores. Entre elas, podemos citar a definição de objetivos, pesquisa sobre palavras-chave, o uso de uma descrição detalhada e a escolha do conteúdo.

Defina os objetivos

Primeiramente, é necessário definir os objetivos das suas estratégias com vídeos. Eles podem ser, por exemplo, aumentar o número de conversões no seu site, gerar reconhecimento para a marca, conseguir mais compartilhamentos etc. Dependendo da sua meta, será necessário produzir conteúdos com abordagens, canais de distribuição e maneiras de divulgação diferentes.

Escolha o canal e o conteúdo

Após definir qual será o papel dos vídeos na sua estratégia de marketing, você pode escolher quais são os melhores formatos de conteúdos a serem produzidos e os canais ideais para distribuí-lo.

Caso a sua ideia seja vender um produto, vale a pena criar um vídeo de oferta e explicar como funciona a mercadoria. Além disso, publique conteúdo pelo menos no YouTube e no seu site. Assim, mais pessoas poderão conhecer seu produto. 

Inclua uma descrição

Ela também serve para informar aos mecanismos de busca e aos internautas sobre o conteúdo do vídeo. Por meio da descrição, é possível ter uma prévia sobre o que será abordado no conteúdo.

Diante disso, vale muito a pena produzir uma descrição única e objetiva. Procure destacar as principais informações no início, visando prender a atenção do usuário. Não se esqueça de inserir as palavras-chave logo no começo da descrição, pois isso ajudará a sua publicação a ser encontrada nos motores de busca.

Faça pesquisa das palavras-chave

Com base no conhecimento adquirido em relação ao seu público, você pode iniciar o levantamento e identificar as palavras-chave mais procuradas e que, ainda assim, têm baixa concorrência.

Por meio do Google Ads, é possível realizar esse levantamento. A partir dos dados obtidos, você pode aproveitar as sugestões fornecidas pela ferramenta para produzir os seus conteúdos.

As estratégias de otimização para mecanismos de busca ajudam os vídeos a alcançarem um maior número de visualizações. Essa métrica pode ajudar o seu negócio a conquistar mais clientes e aumentar o número de vendas. Por isso, vale a pena dedicar-se na definição dos objetivos, pesquisa das palavras-chave e na escolha do canal, objetivando a melhoria dos resultados.

Gostou deste post sobre SEO para vídeos? Compartilhe o conteúdo com os seus amigos nas redes sociais e permita que mais pessoas conheçam as melhores práticas dessa temática.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Adonis Batista

CEO e Nômade

Previous Gestão de dados: como a unificação pode trazer mais segurança?
Next Entenda melhor, aqui, o comportamento do consumidor online!

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Universal Data Manager: Uma nova jornada no gerenciamento de Dados

24/08/2017
Close